segunda-feira, 27 de outubro de 2014

7

Disposição de quadros e fotos - DICA :)

Bom dia, Mulherzinhas!
Vocês sabem como arrumar os quadros na decoração?
Os quadros são elementos decorativos que ajudam a tornar o ambiente confortável visualmente, acusticamente e psicologicamente. Sejam pinturas, gravuras, fotos ou desenhos, conferem estilo e marcam a identidade do local.
Seguir algumas dicas pode facilitar sua escolha e sua distribuição, para valorizar a obra de arte e o ambiente no qual está.
* Hall: pode-se fixar apenas um quadro, o qual ganhará destaque e será valorizado ou ainda criar uma composição, como mostrada abaixo: um maior apoiado sobre o aparador, dois porta retratos e dois quadros pendurados na parede;

* Escadas: acompanhe o alinhamento dos degraus;
* Corredor: utilizar quadros menores (pois serão vistos de perto). Neste caso você está permitindo que pessoas parem neste corredor para observar as imagens. Se quiser que apenas passem, sem parar, uma opção melhor é fazer algum detalhe utilizando papel de parede ou ainda adesivos de parede;
* Sala de Jantar: geralmente é indicada a escolha de natureza morta (frutas, jarros, ...), mas no caso de salas mais modernas e integradas à cozinha pode-se optar por quadros abstratos ou até mesmo adesivos de parede ou esculturas de parede;
* Sala de Estar: procure uma temática que seja adequada ao estilo de sua sala. Se ela é clássica, paisagens podem ser muito interessantes. Pode-se optar por imagens como campos ou até mesmo figuras humanas ou representações de cenas do cotidiano. Já se a sua sala é mais contemporânea (com linhas mais retas e aspecto “clean”), quadros abstratos podem tornar o espaço mais estimulante ao apresentar cores mais fortes;
* Quarto adulto: sobre a cabeceira o quadro deve preencher toda sua extensão
* Quarto Infantil: quadros menores, com temáticas infantis ou imagens de animais, ricos em detalhes, podem estimular a curiosidade e o interesse da criança;
* Escritório: pode-se optar por quadros com paisagens urbanas, animais (como cavalo e aves) e até mesmo imagens “divertidas” que representem o estilo de quem utiliza o ambiente.

* Deve-se buscar o equilíbrio entre os planos preenchidos pela área dos quadros e os espaços vazios. Muitos quadros dispostos na parede podem poluir o ambiente visualmente, da mesma forma que sua ausência pode gerar a sensação de vazio e “falta”
* Distância dele aos móveis (deve ficar pelo menos 25cm acima do móvel abaixo);
* Seu eixo deve ficar na altura dos olhos, evitando que o observador tenha de levantar ou abaixar a cabeça para visualizá-lo. Esta altura pode ser 1,60m ou 1,70m. Caso o teto seja muito alto, os quadros podem ficar um pouco mais altos.
* Se existe um elemento marcante no ambiente, como uma mesa de jantar, e você quer pendurar um quadro de tamanho maior, centralize ele baseando-se neste elemento, pois caso contrário, terá dois pontos focais de forte presença concorrendo no ambiente o que criará a sensação de cansaço.
* Se for criar uma parede apenas com fotografias pode utilizar molduras com tamanhos diferenciados.

* O ideal é que quadros maiores sejam usados em paredes maiores e que sejam vistos de longe, para que o observador tenha uma visão geral de seu desenho. Já os menores podem ser colocados em locais que permitam a aproximação para que seus detalhes possam ser examinados.
* Se for fixar mais de um quadro na mesma parede, não os deixe muito próximos. Permita que cada um tenha sua identidade valorizada. Utilize também a mesma temática. Ou seja, se um deles retratar uma paisagem campestre, os demais devem seguir o mesmo padrão. Se os quadros estiverem na mesma parede procure alinhá-los pela base, mas se estiverem em paredes diferentes alinhe por sua parte superior.
* Se a parede é retangular, o quadro deve ser no mesmo formato ou a disposição do conjunto de quadros deve seguir este formato retangular


* Quadros pequenos e de tamanhos semelhantes, - Quadros pequenos e de tamanhos semelhantes, mas diferentes, mais próximos e em alturas diferentes, criam um estilo irreverente, de alguém que gosta de colecionar objetos mas que não preza pela ordem estrema e gosta de brincar com sua disposição (informal).

* Agrupar quadros com molduras, tamanhos e temáticas diferentes (com equilíbrio de pesos e volumes) cria um ambiente descontraído e divertido. Pode gerar a sensação de um espaço cultural, no qual são expostos trabalhos, estimulando a curiosidade
* Ambiente “antigo”: escolher uma cor de fundo mais forte para a parede, como o azul, e dispor quadros com molduras maiores e temáticas como fotos, pode criar um espaço retrô. Neste caso o melhor é optar por uma parede pequena, que será apenas um detalhe no ambiente. Grandes extensões podem cansar quem permanece neste local, já que sua poluição visual é mais forte.

7 comentários:

  1. Amo quadros, eu acho eles essenciais para qualquer tipo de decoração!
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ainda deixam a decoração com nossa cara rsrs
      Bjs

      Excluir
  2. Eu adoro decoração com quadros. O ambiente fica tão fofo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fofo, moderno, realista....fica a cara dos donos rsrs
      Bjs

      Excluir
  3. Amo decoração! Aqui em casa fiz aquela disposição de quadros na escada com fotos antigas da família e ficou show!
    Beijos!
    Fernanda.
    www.escolhainteligente.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Fernanda!
      Também adoro essa disposição. E com fotos de família fica personalizado com a cara dos donos da casa.
      Bjs

      Excluir
  4. Amo quadros, acho lindos de mais...Amei as dicas, parabéns

    Momento com Thaisa

    ResponderExcluir

© mulherzinhas s/a - 2016. Todos os direitos reservados.
DESIGN E PROGRAMAÇÃO por: TRIZZ DESIGN.
imagem-logo