segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

0

Dicionário de moda I

Bom dia, Mulherzinhas!
Vocês entendem todos as expressões atuais no mundo da moda?
Se és como eu, não entende quase nada rsrs então o Mulherzinhas S/A te dará algumas explicações:

Ankle Boot – bota com cano até o tornozelo.
Babouches ou clog – são os sapatos com salto ou plataforma de madeira.
Bodouir – tendência de usar peças que parecem ou lembram uma lingerie.

Boho – é o resultado de uma mistura dos estilos hippie, étnico, folk e vintage. Suas peças principais são: vestidos e saias longas, modelagens mais largas e confortáveis e bota cowboy.
Baggy – Do inglês solto, largo. Usa-se o termo para definir as calças ajustadas na cintura, amplas nos quadris e afuniladas nas pernas, muito em voga nos anos 70/80.

Belle Époque – Do Francês “bela época”. É o período compreendido pelos últimos anos do século XIX até a Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Indica uma fase em que os vestidos longos do século XIX continuam em voga, com o busto saliente, a cintura muito fina e as ancas com volume, transformando a silhueta feminina em verdadeira ampulheta.
Bolero – Mini jaqueta, livre de botões, que jamais ultrapassa a cintura. Inspirado nos trajes de bailarinos e toureiros espanhóis. Foi muito usado nas décadas de 30/40 em parceria com blusas sofisticadas e jabôs de renda. Muito usado em festas. Ganhou um acompanhamento com calças, saias e shorts. 
Jaqueta bomber ou jaqueta aviador – é uma jaqueta com recorte militar, feita de couro, com gola mais alta e forrada por lã.

Calça cargo – calça masculina originalmente larga, com bolsos laterais. Hoje, os modelos tipo skinny dela são sucesso!

Cacharel – Nome do estilista francês Jean Cacharel, que virou sinônimo de um tipo de blusa em malha de fibra sintética, originalmente fabricada na França. A blusa cacharel tem gola alta, usada dobrada, e mangas compridas. Versões em malha de Jérsei vão e voltam. 
Casquete – chapéu pequeno, que é preso por grampos ou fixo em uma tiara.
Cardigã – Suéter ou casaqueto de lá. Se origina de agasalhos militares. Era parte do uniforme dos oficiais do exército na Guerra da Criméia em 1875.

Chanel – O estilo Chanel sobreviveu às últimas décadas com sapatos bicolores, bolsa de matelassê e outros símbolos típicos. Gabrielle Coco Chanel deu mais liberdade ao guarda- roupa sem torná-lo menos feminino. Introduziu tecido como jérsei e a malha; adaptou peças tradicionais masculinas, como calça, trench-coats, camisas, cardigãs. Inventou acessórios, pérolas, correntes, laços e camélias. Destacou a elegância do pretinho básico.

Cigarrete – Calça justa de pernas estreitas, popular entre os homens da década de 50. Utilizada pelas mulheres nos anos 60. Era de helanca e fazia parceria com Twin-sets comportados e sapatilhas baixas. Hoje pode ser usada tanto durante o dia quanto a noite, em algo mais social. 
Chemisier – camisa masculina comprida, o chamado "vestido camisa".

Clean – Do inglês, limpo. Em moda significa peça ou look simples, despojado, livre de detalhes. Atualmente sinônimo de elegância. Foi o estilo predominando dos anos 90.

Collant – Do francês, colante. Peça inteiriça, colada ao corpo, que tem suas origens nos maiôs do século XIX, quando era confeccionado em malha cor da pele. Para modelar o corpo. Na década de 60 foi usado sob vestidos transparentes. Atualmente ele aparece no cenário com o nome de body.
Cosmopolita – é a pessoa que se julga pertencer ao mundo inteiro. Pode ser alguém que considera o mundo como a sua pátria ou uma pessoa que viaja muito e se adapta facilmente a diferentes culturas e modos de vida.

Clutch – bolsa ou carteira de mão, geralmente feita de materiais duros.

Color Blocking – tendência que mistura cores vivas e vibrantes em um mesmo look.
Dockside – sapato de couro, com sola de borracha e tiras laterais.

Écharpe – Do francês, faixa, charpa. Em moda, design lenço longo e estreito que envolve o pescoço. A função é mais decorativa do que protetora. Uma echarpe pode dar um colorido, um toque extra ao visual.
Elastano – Fibra química sintética usada em confecções de tecidos que esticam, tecidos stretch. Inicialmente obrigatórios em maiôs e tecidos de ginástica. Atualmente é utilizado também misturado ao jeans.

Envelope – Em moda, identifica um tipo de saia que envolve o corpo, com uma parte sobreposta a outra. A saia-envelope pode ser curta, comprida, ou meio termo.

Espadrilha – sapatos com salto tipo anabela de corda. 

Étnico – estilo com referências artísticas e culturais. Por exemplo: roupas que trazem referências indígenas, indianas e africanas; estampas tropicais, itens como penas.

Flat – sapatos baixos e confortáveis, como as sapatilhas.

Girlie – estilo romântico e super feminino. Caracterizado por estampas florais, cores doces como rosa claro e cintura marcada.
Grunge – Traduz um estilo desleixado, no modo de vestir inspirado nas bandas de Rock de Seattle, nos Estados Unidos.

Hot pants – short super curto e de cintura alta, resgatado dos anos 60.

It – pessoas que tem estilo e atitude e são admiradas por isso, ou peças e acessórios muito desejados naquele momento. (Exemplo: it girl e it bag)

Jardineira – macacão com alças finas e cavas bem baixas, que você deve usar com uma camiseta ou top por baixo. 

Jeans – Termo inglês originado em 1567 que designa tecido de algodão cerrado, tingido com índigo. Já a calça jeans foi inventada por Levi Strauss em 1850 para os mineradores de ouro americano. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© mulherzinhas s/a - 2016. Todos os direitos reservados.
DESIGN E PROGRAMAÇÃO por: TRIZZ DESIGN.
imagem-logo